• Compartilhar

    Natal será a capital da Rabeca

    O Festival “Rabeca Nordestina” acontecerá nos dias 19 (quinta feira) e 20 (sexta-feira), das 14h00 às17h00, na Escola Saberes Conexão Felipe Camarão, bairro de Felipe Camarão, oportunizando palestras, debates e oficinas gratuitas aos interessados. Rabeca ou rebeca é um instrumento musical de cordas friccionadas, aparentado ao violino. De tom mais baixo que o do violino, […]

    O Festival “Rabeca Nordestina” acontecerá nos dias 19 (quinta feira) e 20 (sexta-feira), das 14h00 às17h00, na Escola Saberes Conexão Felipe Camarão, bairro de Felipe Camarão, oportunizando palestras, debates e oficinas gratuitas aos interessados.

    Rabeca ou rebeca é um instrumento musical de cordas friccionadas, aparentado ao violino. De tom mais baixo que o do violino, tem um timbre fanhoso e percebido, geralmente, como tristonho. Existem rabecas de três, quatro e até de seis cordas. A rabeca tem origem árabe, utilizada desde a Idade Média. No Brasil a rabeca é confeccionada por artistas populares, utilizando-se madeira, cabaça ou bambu, com variações conforme a região de origem.

    Programação do Festival “Rabeca Nordestina” 

    Dia 19 – Palestras: “Um Sonho de Rabeca na Arca da Brasilidade” (Caio Padilha – RN); “Heranças Musicais e Currículo” (Maristela Môsca – RN). Por sua vez, a oficina “Rebeca Contemporânea” será realizada por Macie Salú.

    Dia 20 – Palestras: “Educação Musical Através de Repertórios Tradicionais” (Katharina Doring – BA); “Rabeca Brasileira” (Cláudio Rabeca – PE). Por sua vez, a oficina de Lutheria ficará sob a responsabilidade de Seu Elói. No final, apresentação da Banda Fabião, grupo de música regional tipicamente nordestina.

    O Conexão Felipe Camarão, criado em 2003, é um projeto que visa empreender ações educacionais e sociais através da cultura regional, com a assinatura da ONG Associação Companhia Terra Mar. Nesse contexto, surgiu o Orquestrim Conexão Rabeca, grupo musical composto por rabequeiros, flautistas, percussionistas, capoeiristas e brincante do Boi de Reis.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Revista

    0

    Anos da revista foco.

    0

    Edições da revista foco.

    Aniversário da Revista Foco

    Internet para Todos

    Troféu Mulher Destaque Potiguar

    RN atinge 3,5 milhões de habitantes

    Natal em Natal: A força da beleza e da cultura

    Entidades Médicas fortalecem a profissão

    Mais edições