• Compartilhar

    Tiguan chega com renovações importantes

    A ideia da montadora é fazer uma maior ofensiva com o SUV

    A Volkswagen do Brasil inicia a maior ofensiva de utilitários esportivos da sua história. O Tiguan Allspace é o primeiro de cinco SUVs que serão lançados no mercado brasileiro até 2020. É também o primeiro utilitário esportivo à venda no País desenvolvido sobre a Estratégia Modular MQB, o que possibilitou ao modelo Volkswagen trazer excelente aproveitamento de espaço interno e receber vários recursos de tecnologia e de segurança inéditos no segmento de SUVs premium no Brasil.

    Em sua segunda geração, o Tiguan Allspace começa a chegar às concessionárias no fim de maio em três versões de acabamento e com duas opções de motorização TSI, que combinam injeção direta de combustível e sobrealimentação por turbocompressor para entregar alto desempenho, baixo consumo de combustível e prazer ao dirigir. Pela primeira vez na história, o Tiguan Allspace contará com motor 1.4 TSI Total Flex – que pode ser abastecido com gasolina, etanol ou a mistura dos dois combustíveis em qualquer proporção.

    Outra grande novidade é o retorno da grife “R-Line” ao segmento, com equipamentos exclusivos, design diferenciado e ainda mais esportividade e sofisticação. O Tiguan Allspace R-Line 350 TSI traz o motor 2.0 TSI com 220 cv – mesmo motor do Golf GTI – associado à inédita transmissão DSG de 7 marchas.

    O Tiguan Allspace é equipado nas versões 250 TSI e Comfortline 250 TSI com o motor 1.4l TSI Total Flex. Pertencente à família EA211, esse motor é feito na fábrica da Volkswagen em São Carlos (SP). Tem bloco e cabeçote feitos de alumínio, duplo comando de válvulas no cabeçote (variável na admissão; são quatro válvulas por cilindro) e é equipado com injeção direta de combustível e turbocompressor. Esse motor desenvolve potência de 150 cv (etanol e gasolina) a 5.000 rpm. Seu torque máximo, de 250 Nm (25,5 kgfm), surge já a apenas 1.400 rpm e se mantém até 3.500 rpm, independentemente da mistura de combustível.

    As versões 250 TSI e Comfortline 250 TSI utilizam a transmissão DQ250, com seis marchas, imersa em óleo, reconhecida pela sua eficiência e durabilidade. Ambas as versões têm o mesmo desempenho: aceleração de 0 a 100 km/h em 9,5 segundos e velocidade máxima de 198 km/h (independentemente do combustível utilizado). Números excelentes para modelos que têm pequena diferença de peso: 1.562 kg (250 TSI com cinco lugares) e 1.598 kg (Comfortline 250 TSI com sete lugares).

    E para continuar a ser referência de downsizing em seu segmento, mesmo consumindo etanol (E100), gasolina (E22) ou qualquer mistura desses combustíveis, o motor 1.4 TSI Total Flex traz uma série de novidades em relação ao propulsor 1.4 TSI a gasolina, utilizado na geração anterior do Tiguan.

    A central eletrônica do motor (ECU) traz novos software e hardware. Os pistões e anéis foram redimensionados para os 10 cv extras de potência do motor flexível, que recebeu um catalisador especificamente calibrado para ele. Outras novidades são a guia de válvula que agora tem dupla vedação e a sede de válvulas do cabeçote e as válvulas injetoras com tratamento específico para operar com o combustível de origem vegetal. A sonda lambda passa a ser linear, proporcionando melhor controle na combustão.

    Por causa das características do etanol, o sistema de injeção de combustível do motor 1.4 TSI Total Flex utiliza 250 bar de pressão – como referência, o motor 1.4 TSI a gasolina trabalha com 200 bar. Com isso, a galeria de injeção de combustível foi modificada e está ainda mais robusta.

    Ainda no sistema de ignição, as velas contam com grau térmico específico e geometria diferenciada para funcionar com qualquer mistura de etanol ou gasolina. O motor 1.4 TSI Total Flex utiliza velas de ignição de dupla platina, o que proporciona ignições e faíscas mais rápidas utilizando menos energia. Resultado: excelente durabilidade.

    Conectividade em todas as versões

    Todas as versões do Tiguan Allspace são equipadas de série com sistema Discover Media, que permite conectividade avançada com os smartphones por meio do App-Connect (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink). Com tela colorida sensível ao toque (touchscreen) de 8 polegadas com sensor de aproximação, oferece ampla interatividade, com várias opções de informação e entretenimento, além de visual moderno e tecnológico. Permite conexão Bluetooth para até dois celulares e possui três entradas USB – duas na parte dianteira e uma para o banco traseiro.

    Traz também os recursos de comando de voz e navegação integrados, que se destacam pela facilidade de uso e interatividade com o painel de instrumentos, possibilitando uma condução mais segura e confortável. Fotos, vídeos e músicas em diversos formatos são alguns exemplos de mídias que podem ser “lidas”.

    O Discover Media inclui sistema de navegação via satélite e o sistema Think Blue Trainer, que auxilia na condução mais econômica, dando dicas ao motorista.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Revista

    0

    Anos da revista foco.

    0

    Edições da revista foco.

    Aniversário da Revista Foco

    Internet para Todos

    Troféu Mulher Destaque Potiguar

    RN atinge 3,5 milhões de habitantes

    Natal em Natal: A força da beleza e da cultura

    Entidades Médicas fortalecem a profissão

    Mais edições